Espanhol que usou skate para salvar vítima está entre os mortos do ataque de Londres

Ignacio Echeverría tinha 39 anos e trabalhava para o HSBCJ. O bancário tentou salvar uma mulher que estava sendo esfaqueada por um dos autores do ataque em Londres usando um skate, morreu no atentado, segundo sua família.

“Ignacio não sobreviveu ao momento do ataque. Agradecemos a todos que se dispuseram e ajudaram. Sabemos que não somos os únicos a estarem tristes”, disse a família do espanhol em uma mensagem publicada no Facebook.

Até o momento, as autoridades britânicas e espanholas não confirmaram sua morte.

Polícia de Londres encontra corpo no rio Tâmisa após ataque

Echeverría estava desaparecido desde o dia do ataque, quando estava com amigos andando de skate e viu um homem esfaquear uma mulher.

Ele correu para socorrê-la, usando o skate para tentar afastar o criminoso.

“Quando nos demos conta, Ignacio estava batendo em um deles com seu skate para defender essa mulher. E foi assim que de repente ele caiu no chão”, disse um dos amigos ao programa Espejo Público, da rádio Antena 3, na Espanha.

Desde então, eles não tiveram mais notícias do amigo.

Na mensagem publicada no Facebook, a irmã de Ignacio, Ana Echeverría, pede que as autoridades britânicas deixem a família ver e estar com o corpo dele – algo que aparentemente não aconteceria até esta quarta-feira.

fonte: R7