Trump visita presidente da França em meio a crise interna nos EUA

Por Richard Lough e Ayesha Rascoe

PARIS (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sob fogo cruzado em casa devido a conexões com a Rússia e no exterior por suas políticas ambientais e de comércio, chegou a Paris nesta quinta-feira buscando terreno comum com o novo líder da França, Emmanuel Macron.

Após um começo turbulento do relacionamento, os dois líderes têm motivos para buscar melhorar os laços: Macron espera elevar o papel da França em negócios globais e Trump, aparentemente isolado entre líderes mundiais, precisa de um amigo no exterior.

Semanas depois de Macron receber o presidente russo, Vladimir Putin, no Palácio de Versalhes, Trump aproveitará os ornamentos da parada militar do Dia da Bastilha, na sexta-feira, e das comemorações dos 100 anos desde a entrada das tropas norte-americanas na Primeira Guerra Mundial.